Ministro de Minas e Energia visita hidrelétrica de Santo Antônio

O ministro de Minas e Energia, Bento Albuquerque, visitou pela primeira vez a hidrelétrica de Santo Antônio (RO – 3.568 MW) na última sexta-feira (4). Acompanhado de uma comitiva formada por políticos locais, técnicos do MME e executivos da Santo Antônio Energia (SAE) – operadora da usina –, o chefe da pasta obteve uma visão ampla do empreendimento situado nas proximidades da capital Porto Velho e os principais marcos de sua implantação.

“Fiquei muito impressionado com a grandeza da usina e com sua importância, não somente para o Sistema Interligado Nacional, mas também para a região. Termino esta visita orgulhoso e bastante satisfeito com o que pude ver aqui”, destacou o ministro, que esteve acompanhado do governador de Rondônia, Marcos Rocha; do senador Marcos Rogério; da deputada federal Mariana Carvalho; do Secretário de Energia Elétrica do MME, Ricardo Cyrino; e da diretora da Aneel Elisa Bastos.

Os diretores das áreas de Operações e Financeira da concessionária, Dimas Maintinguer e Nilmar Foletto, apresentaram as principais estruturas da hidrelétrica, que está em fase de geração plena há três anos, com todas as 50 unidades geradoras em operação comercial, sendo seis delas destinadas exclusivamente ao atendimento dos estados de Rondônia e Acre.

Na oportunidade, também foram tratados assuntos que afetam o segmento nacional de geração a partir dos recursos hídricos, em particular de Santo Antônio. Entre eles os impactos do GSF (Generation Scaling Factor) em face do deslocamento hidráulico provocado pelas fontes térmicas e renováveis intermitentes, como eólica e solar. O tema faz parte do rol de assuntos que estão sendo tratados no contexto do Projeto de Modernização do Setor Elétrico, em discussão no governo federal.

A usina hidrelétrica de Santo Antônio é suficiente para atender ao consumo de cerca de 45 milhões de pessoas. A UH é a quarta maior geradora de energia hídrica do país, segundo dados aferidos pelo Operador Nacional do Sistema Elétrico.

Fonte: Canal Energia – 09.10.2019

+ 55 11 3360-2990 / 2324
contato@futturaenergy.com