Empresa Especializada em Gestão de Energia – Futtura Energy
Energia limpa como economia de custos de concessionárias

Visando controlar os custos operacionais com energia elétrica, empresas do setor de saneamento estão investindo em estratégias alternativas, como microgeração distribuída solar, aproveitamento do biogás (um subproduto do tratamento de dejetos) e uso de tecnologias mais eficientes na construção de futuras estações de tratamento.

A Sabesp, por exemplo, investe nas usinas solares. A expectativa é iniciar a produção de energia solar no segundo semestre, atingindo 4,5% de toda a energia consumida na concessionária, o que equivale ao consumo de 65.200 residências.

Outra iniciativa da empresa é um acordo com a cidade de Diadema, na Grande São Paulo, que destinará o lixo para uma planta industrial de tratamento de resíduos para produção de combustível invés de depositá-lo nos tradicionais aterros. Com essa mudança, prevista para dezembro de 2022, será possível gerar energia suficiente para atender uma cidade de 270 mil habitantes.

Outro exemplo vem de uma estação de tratamento da GS Inima em Ribeirão Preto, que aproveita 7 mil metros cúbicos diários de biogás para produzir 15 mil KWh de energia elétrica por dia. A unidade de Mogi Mirim conta com a instalação de sistema solar que responde por 35% de seu consumo, segundo o presidente da empresa, Paulo Roberto de Oliveira.

Promissores projetos de usinas de energia solar também estão em andamento no Maranhão, com produção de energia estimada para atender 15 mil pessoas em projeto com investimento de R$ 25 milhões pela Athon Energia e outras duas usinas solares instaladas nas cidades de Timon e Matões, com projeção de geração de 10 mil MWh/ano.

Precisa de ajuda?
Scan the code
+ 55 (11) 95327-1417 / +55 (11) 99123-9576
contato@futturaenergy.com
Criação de Sites Para Empresas