Empresa Especializada em Gestão de Energia – Futtura Energy
Mercado de Capacidade: decreto presidencial converge com proposta da CCEE

Em janeiro, a Câmara de Comercialização de Energia Elétrica – CCEE apresentou ao mercado os cinco temas prioritários para 2021. Um deles ficou definido pela criação do Mercado de Capacidade, assunto alinhado com as discussões de separação de lastro e energia e com as propostas de modernização do setor elétrico.

Na última semana, a Presidência da República assinou o decreto nº 10.707, de 28 de maio, estabelecendo condições e premissas para a contratação da reserva de capacidade na forma de energia. O objetivo é garantir potência para assegurar a continuidade do fornecimento de energia elétrica. Confira o documento.

“A necessidade de ampliar a potência do Sistema Interligado Nacional tem sido apontada em diversos estudos, principalmente com a maior participação de fontes intermitentes na matriz. O decreto é convergente com a proposta desenvolvida pela CCEE”, comenta Rui Altieri, presidente do Conselho de Administração.

A contratação da reserva de capacidade ocorrerá por meio de leilões realizados pela CCEE e a Agência Nacional de Energia Elétrica – Aneel, cabendo ao Ministério de Minas e Energia – MME estabelecer o montante a ser contratado com base em estudos feitos pelo Operador Nacional do Sistema Elétrica – ONS e pela Empresa de Pesquisa Energética – EPE.

As negociações resultarão em Contratos de Potência de Reserva de Capacidade – CRCAP celebrados entre as usinas vendedoras (empreendimentos existentes ou novos) e a CCEE, representando todos os consumidores. Estes, por sua vez, firmarão um Contrato de Uso de Potência para Reserva de Capacidade com a CCEE e terão que pagar um encargo específico, proporcional ao consumo de energia registrado na Câmara de Comercialização.

Vale destacar que a energia associada com a contratação da potência das usinas permanecerá com o agente gerador, que poderá negociá-la com o mercado regulado, em leilões de contratação de energia, com agentes do mercado livre, em contratos bilaterais, ou liquidá-la no Mercado de Curto Prazo.

Confira na imagem abaixo os destaques da proposta da CCEE para construção do Mercado de Capacidade, que estão alinhados com o decreto.

INFORMAÇÕES EXTRAIDAS DO SITE DA CCEE: https://www.ccee.org.br/portal/faces/pages_publico/noticias-opiniao/noticias/noticialeitura?contentid=CCEE_663216&_adf.ctrl-state=m01dcwkto_1&_afrLoop=892493244933294#!%40%40%3Fcontentid%3DCCEE_663216%26_afrLoop%3D892493244933294%26_adf.ctrl-state%3Dm01dcwkto_5

Bem-vindo a Futtura!
Precisa de ajuda?
+ 55 (11) 95327-1417 / +55 (11) 4858-1907
contato@futturaenergy.com
Criação de Sites Para Empresas